Crescendo em uma casa com apenas um dos meus pais, descobri cedo na vida a diversão que uma infância sem supervisão traz. Passei uma década memorável evitando o trabalho ou qualquer coisa que se parecesse com isso – até que me vi sentado em um ponto de ônibus durante o início da vida adulta me perguntando como eu tinha ficado tão para trás.

Concluí que tinha que fazer alguma coisa. Na verdade, trabalhar arduamente se tornaria o grande uniformizador que me permitiria não apenas recuperar o atraso, mas também alcançar o topo da minha carreira.

E assim comecei uma aventura de dez anos como vendedor que batia de porta em porta para dar fim a aquela agitação. Essa experiência me ensinou que todos podem ter um desempenho de excelência não importa qual o empreendimento. Basta seguir um processo simples.

TRANSFORME OS LIMITES DE HOJE EM PADRÕES DE AMANHÃ

Uma corrida de Ironman é um triatlo cansativo que a maioria das pessoas treina durante anos para ser capaz de completar. Em 100 dias consecutivos, James Lawrence completou 100 provas do tipo. Ao fazer isso, ele ultrapassou o detentor do recorde mundial de maior número de triatlos concluídos em um único ano. Quem foi este campeão mundial superado? Era o próprio James. Quando Lawrence completou o “Conquer 100”, ele já tinha o recorde!

Por que alguém se sujeitaria a tanta dor e dificuldade quando já é o melhor do mundo? Em uma entrevista, Lawrence explicou: “No momento em que você percebe que a próxima etapa não vai matá-lo, mas ao contrário, ela vai o ajudar a evoluir, mudar, crescer e se tornar a melhor versão de si mesmo, tudo isso vira uma coisa linda”. Ele também declarou: “A única coisa que quero é fazer com que as pessoas abram suas mentes … para o que é possível”.

podem ser extremamente monótonas, tediosas e emocionalmente desgastantes. A maioria desiste rapidamente por esses motivos. No entanto, aprendi a esperar aqueles momentos em que as portas me trouxeram aos meus limites emocionais, mentais e físicos. Eu sabia que, ao ultrapassar esses limites, cresceria como pessoa.

Descobri através das vendas a resistência que precisava para impulsionar meu potencial humano. Bater de porta em porta fortaleceu minha ética de trabalho, minha resiliência mental e me ensinou a persistir contra todas as probabilidades. Enquanto Lawrence usava uma bicicleta para empurrar os limites de seu potencial humano, usei o meu trabalho.

Em vez de evitar os momentos mais difíceis do seu emprego, tente abraçá-los. Ao olhar para a sua rotina profissional não como uma obrigação, mas como uma academia, você também pode transformar os limites de hoje nos padrões de amanhã. E ao fazer isso de forma consistente, você maximizará seu potencial pessoal e profissional.

CONCENTRE-SE EM SUA ÉTICA PROFISSIONAL

Na época em que Michelangelo esculpiu o icônico “David”, aos 26 anos, ele era supostamente o artista mais famoso e mais bem pago de sua época. O que torna a história da pintura da Capela Sistina, em Roma, tão interessante. Por que um dos artistas mais bem pagos e bem-sucedidos do mundo passaria quatro anos solitário, labutando dia e noite, para concluir uma pintura meticulosa de cerca de 460 metros quadrados?

A resposta, creio eu, traça uma linha comum entre todos os artistas de desempenho alto, modernos e antigos. Acho que eles tendem a ser movidos por um desejo comum, não apenas de superar seus colegas ou de serem ricos, mas de maximizar seu potencial humano. Da mesma forma que um fisiculturista na academia, eles tendem a usar sua ética de trabalho como um peso, rasgando a fibra metafórica de seu personagem, seu impulso, sua resiliência emocional, sua persistência e, por fim, sua capacidade humana.

Do meu ponto de vista, acho que Michelangelo entendeu bem esse processo e corrigiu qualquer um que sugerisse que suas realizações foram possibilitadas por uma vantagem genética. Como ele disse: “Se as pessoas soubessem o quão duro eu trabalho para ter essa habilidade, não pareceria tão maravilhoso”. A partir dessa citação, acredito que ele sugeriu que a verdadeira obra-prima não é sua arte, mas a ética profissional necessária para criá-la. E que qualquer um pode duplicar suas realizações se trabalharem tanto quanto ele trabalhou.

Você quer chegar ao topo absoluto da sua área? Concentre-se menos em seu trabalho e mais em sua ética profissional.

O que existe entre você e aqueles que possuem os melhores desempenhos em seu setor? O que seria necessário para você ser o número um do mundo em sua profissão?

Trabalhar. Trabalhar até o esgotamento. A dor é a entrada para você se sentir melhor. A resistência é a lei do seu desenvolvimento pessoal. Sempre foi e sempre será. Eu descobri que o fio condutor da ética do trabalho é executado de forma consistente por todos que possuem os melhores desempenhos. O trabalho árduo é a chave mestra que irá desbloquear todo o seu potencial pessoal e profissional. Tudo o que resta fazer agora é abrir essa porta!

FONTE: https://forbes.com.br/carreira/2021/08/como-ser-o-melhor-na-sua-profissao/