Na hora de escolher uma faculdade a opinião da família sempre influencia. Afinal de contas, uma das principais preocupações que os pais possuem sobre o futuro dos filhos é em relação à futura profissão. E aí, como lidar quando surge opiniões divergentes?

 

A maioria dos estudantes possui diversas dúvidas na hora de escolher uma graduação e consequentemente uma profissão. Se você ainda está no ensino médio, é compreensível que você tenha dúvidas e anseios em relação ao futuro. No terceirão surgi uma porção de inseguranças e preocupações, escolhas, que irão mudar o rumo da sua vida, precisam ser feitas. E é nesse momento delicado e decisivo que a família possui um peso enorme de influência. No entanto, será que a influência da família mais ajuda ou atrapalha? Bem, esse período pode ser enfrentado com mais tranquilidade se ambas as partes estiverem dispostas a aprenderem uma com a outra. Pais e filhos, precisam, ser aliados.

Uma das principais preocupações que os pais possuem sobre o futuro dos filhos é em relação à futura profissão. Por isso, pode ocorrer uma certa tensão familiar na hora de escolher uma faculdade se as partes discordarem. 

Além disso, não adianta nada você começar a estudar algo sem saber o que gosta, o que quer ou como é a área de atuação da profissão, por exemplo. Então, se você não sabe o que gosta, pelo menos pensa naquilo que você NÃO GOSTA. Dessa maneira, fica mais fácil ir eliminando algumas opções.

De qualquer forma, mesmo eliminando algumas opções, a família ainda sim vai opinar a sua decisão. Como lidar com isso?

Dicas de como lidar com a família

Uma boa dica para você, filho, é pesquisar sobre a carreira que deseja seguir. Dessa forma, você poderá defender e explicar melhor a área para os seus pais, caso haja resistência por parte deles, sobre a profissão.

Muitas vezes a resistência por parte dos pais pode ser apenas uma falta de conhecimento e pré-conceito, que podem ser solucionados com uma boa conversa. Portanto, se você conhecer melhor o curso, mercado de trabalho e futura carreira, os argumentos para conversar com os seus pais serão melhores e mais eficazes. 

Agora um recado para os pais: é importante deixar de lado a hierarquia e estar disponível para ouvir o lado do seu filho. Compreender que ele está virando um adulto e que precisa começar a tomar as suas próprias decisões é importante. Claro, é preciso aconselhar e expor a sua opinião, mas sempre em busca de um consenso.

Se o seu filho mostrar ainda estar perdido em relação à escolha, ofereça ajuda para pesquisar mais sobre o curso. No entanto, se ele mostrar firmeza e consciência, peça para ele explicar mais sobre a escolha. Dessa forma, um diálogo será aberto e ambas as partes podem se beneficiar. 

Uma opinião profissional também pode ajudar, por isso que nós vamos indicar a dica abaixo.

Assista com os seu pais

O canal do Unasp no Youtube está com um vídeo que pode te ajudar a lidar com a influência da família nesse momento de escolha de curso. Em uma entrevista com a psicóloga Maristela Volpe, você irá aprender algumas dicas valiosas e maneiras de passar de forma tranquila por esse momento. Chama o pai, a mãe, e dá o play!

Até a próxima!

FONTE: https://www.unasp.br/blog/familia-na-escolha-de-uma-faculdade/