Zelador: vagas e quanto ganha

COMPARTILHE!
Zelador: vagas e quanto ganha



O que veremos neste artigo

Você sabe o que faz um zelador? Quais são as principais responsabilidades desta função? O que é necessário para se candidatar a uma vaga?

Você sabe o que faz um zelador? Quais são as principais responsabilidades desta função? O que é necessário para se candidatar a uma vaga? Entenda mais sobre essa profissão no artigo abaixo.

O que é um zelador?

Ele é um funcionário contratado por um condomínio, para realização de tarefas e rotinas diárias do prédio. Assim, todas as suas funções visam, de modo geral, o funcionamento adequado do local.  

 

É comum que o zelador seja uma das pessoas que mais detém conhecimento sobre o que acontece dentro do condomínio e sobre as características e processos da propriedade. Isso tanto para questões estruturais quanto na relação com os condôminos. 

 

As tarefas do zelador não estão relacionadas com as práticas de gestão do condomínio. Isso são tarefas de responsabilidade do síndico. No entanto, é comum que a atuação do zelador seja bastante alinhada com a do gestor do prédio.

O que faz um zelador? 

Em termos de funções, este profissional pode desempenhar diferentes tarefas. Isso é verificado até mesmo pela Classificação Brasileira de Ocupações, que descreve a atuação do zelador de forma bem ampla.

 

Assim, ele se ocupa desde tarefas relativas à manutenção do condomínio como supervisão do trabalho realizado por prestadores de serviço, além de garantir um bom funcionamento e condições de higiene para a propriedade. 

 

Cada contrato de trabalho formal pode definir de maneira mais específica como será a atuação de cada zelador. 

Quais são as principais responsabilidades e atribuições do zelador?

É comum que a figura do zelador, de certa forma, seja associada ao atributo de “faz tudo” do prédio. Isso ocorre porque é comum que os profissionais desempenhem funções diversas. Segue algumas das principais responsabilidades e atribuições deles:

 

  • Manter as instalações internas e externas limpas e organizadas;
  • Realizar reparos (desde que haja conhecimento para tal) e contratar/acompanhar profissionais que realizam prestação de serviços;
  • Estar atento à manutenção e funcionamento dos equipamentos do condomínio;
  • Controlar a entrada e saída de pessoas;
  • Cuidar da recepção de mercadorias e encomendas;
  • Verificar o funcionamento da iluminação;
  • Cuidar da manutenção e organização de salões de festa, salões de jogos, quadras e áreas infantis;
  • Comprar materiais necessários para a realização das manutenções;
  • Dar apoio na limpeza e manutenção de espaços do condomínio;
  • Prestar auxílio à profissionais terceirizados contratados;
  • Ser responsável pelas chaves das instalações.

 

Como vimos, há uma extensa lista de tarefas que podem ser desempenhadas pelo zelador. Enquanto algumas delas serão de realização diária, outras podem ocorrer de acordo com cronograma acertado junto ao síndico. 

O que não é responsabilidade do zelador?

Como falamos, o cumprimento de funções de gestão não compõe o hall de atribuições do zelador, sendo de responsabilidade do síndico.

 

As tarefas que necessitam de profissionais especializados, como reformas, pinturas, jardinagem, limpeza completa e reparo em instalações elétricas, também não devem ser executadas pelo zelador. 

Como se tornar um zelador?

A profissão não tem exigência de nível superior ou cursos profissionalizantes. Na verdade, pesquisas sobre o setor indicaram que a maioria absoluta dos zeladores brasileiros possui apenas o ensino fundamental ou ensino médio completo.

 

Para exercer a função, é necessário ter algum conhecimento em manutenção predial, segurança e limpeza. Além disso, boas habilidades de comunicação são bem vindas visto que é necessário se relacionar com muitas pessoas.  

 

É comum que pessoas que exercem a função tenham atuado anteriormente como porteiros ou auxiliares de serviços gerais. 

 

No entanto, a falta de obrigatoriedade de qualificação não impede que esse profissional busque se especializar mais. 

 

Realizar cursos e certificações nas áreas de manutenção predial, segurança ou reparos técnicos agrega muito ao currículo. Além disso, a melhoria da qualificação ajuda o profissional a ser promovido e receber valorizações salariais. 

Zelador e porteiro são a mesma coisa?

Não, e essa é uma confusão comum a muitas pessoas. Em um condomínio, ambas as funções possuem atribuições distintas, ainda que em setores semelhantes. 

 

De modo geral, o porteiro é o principal responsável por monitorar a entrada e saída de pessoas e veículos na portaria, assim como da identificação dos visitantes e entregas.

 

Já o zelador tem como sua principal responsabilidade a manutenção do edifício e dos seus equipamentos e o zelo de suas instalações. 

 

Ele também deve verificar se tudo está em bom funcionamento, verificar se há alguma necessidade e supervisionar o trabalho de pessoas contratadas para realizar serviços na propriedade. 

Como é a jornada de trabalho e o salário de um zelador?

No Brasil, a média salarial do zelador pode variar muito de acordo com a região e a experiência do profissional.

 

Contudo, por ser um cargo que não exige qualificação mínima, o salário médio para uma carga horária de 44 horas semanais fica em torno de R$ 1500. 

 

O estado de São Paulo apresenta o salário médio mais alto do país para a profissão, por volta de R$ 2000. Já o estado da Paraíba apresenta a média mais baixa, de R$ 1240, ou seja, próxima a um salário mínimo. 

 

O zelador condominial costuma trabalhar entre 40 e 44 horas semanais, e pode realizar horas extras, desde que de acordo com as exigências da lei. 

Demanda de vagas de zelador e oferta de emprego

A demanda pelo cargo de zelador está em alta no Brasil há alguns meses. Em um comparativo entre os meses de março de 2022 e março de 2023, foi verificado um aumento de quase 6% nas contratações formais em regime integral de trabalho.

 

Portanto, é um momento promissor para encontrar postos de trabalho disponíveis na função. 

 

Os setores que mais contratam esse tipo de profissional são: 

 

  • Condomínios prediais;
  • Supermercados;
  • Atividades de organizações religiosas;
  • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo;
  • Construção de edifícios.

Há também concursos públicos para a vaga de zelador. No entanto, os salários oferecidos costumam ser mais baixos do que as vagas para estabelecimentos privados. 

 

A tendência de crescimento da demanda para zelador é verificada em uma rápida pesquisa nos principais portais de emprego do Brasil. Em um deles, havia mais de 1000 vagas disponíveis; em outro, 600 postos de trabalho foram anunciados. 

 

Assim, se você está à procura de emprego e se enquadra no perfil profissional, é um excelente momento para conseguir encontrar uma vaga no mercado!



Vagas de Zelador(a)


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top

PUBLICIDADE