Terapeuta ocupacional: o que faz, salário e vagas

COMPARTILHE!
Terapeuta ocupacional: o que faz, salário e vagas



O que veremos neste artigo

Você sabe o que faz um terapeuta ocupacional? Muitas pessoas confundem essa área de atuação com a terapia psicológica.

Você sabe o que faz um terapeuta ocupacional? Muitas pessoas confundem essa área de atuação com a terapia psicológica, no entanto, elas possuem atribuições e responsabilidades distintas. Entenda mais sobre essa carreira.

O que é um terapeuta ocupacional?

É um profissional de saúde que atua junto de pessoas de qualquer idade, desde que elas apresentem dificuldades para realizar as suas atividades cotidianas. Isso pode ocorrer tanto por problemas físicos, quanto mentais ou emocionais. 

 

Assim, o principal objetivo do terapeuta ocupacional é ajudar seus pacientes a obter uma melhora na sua qualidade de vida e no seu bem estar a partir do aumento do seu grau de independência na realização de funções cotidianas. 

O que faz um terapeuta ocupacional?

O terapeuta precisa avaliar quais são as necessidades e as habilidades do seu paciente, de modo a estabelecer metas que sejam realistas. A partir disso, ele desenvolve um plano personalizado de tratamento. 

 

O plano pode incluir atividades diversas, como técnicas de reabilitação, estratégias para melhorar as habilidades motoras, atividades para a memória, exercícios e sessões de aconselhamento emocional. 

 

O terapeuta ocupacional também pode ajudar a adaptar o ambiente doméstico, para que a vida do seu paciente se torne mais segura e acessível.

 

O fato da sua atuação ser bastante abrangente faz com que o terapeuta ocupacional esteja apto a trabalhar com pacientes de todas as idades, desde bebês até pessoas idosas. O mesmo ocorre em relação à diversidade de locais onde ele pode trabalhar. 

 

É comum que o terapeuta ocupacional trabalhe em conjunto com outros profissionais de saúde, como psicólogos, assistentes sociais e terapeutas. O objetivo é oferecer um atendimento mais global e abrangente aos seus pacientes.

Quais são os possíveis locais de trabalho do terapeuta ocupacional e como ele atua em cada segmento?

Há uma série de espaços onde o terapeuta ocupacional pode atuar profissionalmente. Os principais são hospitais, centros de reabilitação, clínicas, casas de repouso e instalações para idosos, centros de assistência social e escolas.

 

Instâncias governamentais, como prefeituras e governos estaduais podem realizar concursos ou contratar profissionais formados em terapia ocupacional. 

 

Além disso, outra possibilidade é realizar atendimentos particulares em domicílio. Essa modalidade é comum no caso de pacientes que possuem restrições físicas. 

 

Seja qual for o ambiente de atuação, o trabalho do terapeuta ocupacional sempre é muito dinâmico. Em hospitais, por exemplo, eles podem atuar junto às equipes médicas para auxiliar pacientes na recuperação de doenças, cirurgias ou lesões.

 

Em clínicas, é mais frequente que os terapeutas acompanhem pacientes que precisam de tratamento de longo prazo. Dessa forma, é possível desenvolver estratégias adequadas para que eles superem suas limitações físicas, emocionais ou mentais.

 

Quando o terapeuta ocupacional atua em escolas, é comum que trabalhe com crianças que possuem dificuldades de aprendizado e limitações de ordem física, mental ou emocional. Também podem atuar com crianças que possuem necessidades especiais. 

 

Nesse contexto, a atuação do terapeuta ocupacional é super importante porque ele ajuda as crianças a realizarem suas demandas escolares e sociais, a partir do desenvolvimento de suas habilidades.

 

Uma das atuações mais comuns dessa profissão é o trabalho junto de pessoas idosas. O terapeuta ocupacional pode desenvolver trabalhos específicos para esse público, juntando exercícios de memória, concentração, reabilitação e tarefas manuais. 

 

Qual o curso necessário para se tornar terapeuta ocupacional?

Muita gente não sabe, mas existe uma graduação específica em Terapia Ocupacional. Atualmente, o curso está disponível em cerca de 40 instituições de ensino no Brasil, a maior parte delas, na rede pública. Veja algumas universidades que oferecem o curso:

 

  • Universidade de São Paulo (USP);
  • Universidade Federal de São Carlos (Ufscar);
  • Universidade Federal de Sergipe (UFS);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB);
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

 

O curso dura de quatro anos e o grau de formação é Bacharelado. Apesar de serem oferecidas cerca de quatro mil vagas anuais nos cursos de ensino superior, a procura pela formação ainda é baixa em nosso país. 

 

É possível que profissionais formados em outros cursos, como Fisioterapia, se habilitem para atuar como terapeutas ocupacionais. Especialmente na parte de readaptação física de pacientes. 

 

No entanto, a atuação desses dois profissionais possui diferenças. Portanto, o ideal sempre é que eles possam trabalhar de forma conjunta. 

Qual é a média salarial de um terapeuta ocupacional no Brasil?

Visto a importância dessa profissão para a melhoria de vida e bem estar de tantas pessoas é notório que a carreira ainda necessita de uma maior valorização salarial. Especialmente porque é necessário uma graduação específica para se tornar terapeuta ocupacional.

 

Em início de carreira, os terapeutas ocupacionais podem ganhar salários que vão de R$ 1400 a R$ 2300 mensais. Com mais experiência, a média salarial é elevada para R$ 2100 a R$ 3700.

 

Profissionais do tipo sênior, ou seja, que já possuem muita experiência no mercado, podem ter ganhos superiores a R$ 5 mil mensais. No entanto, de forma geral, a média nacional de salários para o terapeuta ocupacional é de R$ 2800. 

 

Uma questão que é importante considerar ao mensurar a faixa salarial do terapeuta ocupacional é que, assim como outros profissionais da área de saúde, é possível trabalhar em mais de um local e, então, acumular mais de um salário.

 

Da mesma forma, terapeutas ocupacionais que atuam de forma particular, em domicílio, em tratamentos periódicos com pacientes, também podem ter ganhos superiores à média nacional. 

Como é a oferta de vagas para terapeuta ocupacional?

É possível encontrar vagas disponíveis para terapeuta ocupacional na internet. Em um portal de emprego, por exemplo, havia mais de 100 postos de trabalho em oferta na área.

 

É provável que nos próximos anos, a demanda pelo terapeuta ocupacional no mercado de trabalho aumente por conta do envelhecimento da população brasileira e pela extensão das políticas públicas a esse grupo populacional e também às pessoas com necessidades especiais.



Vagas na área da saúde


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top