Quais são as 10 tendências de trabalho para o futuro em 2024

COMPARTILHE!
Quais são as 10 tendências de trabalho para o futuro em 2024



O que veremos neste artigo

Os profissionais estão mais centrados em qualidade de vida e bem-estar.

O mercado de trabalho tem se transformado rapidamente nos últimos anos, em especial, devido à transformação digital, além das mudanças econômicas e sociais. Nesse cenário, os gestores de Recursos Humanos devem estar atentos às tendências de trabalho para o futuro, a fim de atrair e reter os melhores talentos do mercado, garantindo a competitividade da empresa.

Para ajudar você a ter um panorama de quais serão as 10 tendências de trabalho para o futuro em 2024, preparamos este artigo. Acompanhe!

1. Flexibilidade

A pandemia mudou a forma como as pessoas enxergam as rotinas de trabalho.

De acordo com pesquisa do LinkedIn divulgada pela revista Exame, 30% dos participantes disseram que deixaram seus empregos no último ano por falta de políticas mais flexíveis, sendo que 40% ainda estão analisando a possibilidade de mudar de empresa em algum momento da carreira.

Além disso, 78% consideram o trabalho flexível uma demanda urgente das empresas.

Dessa forma, fica evidente que os hábitos e as prioridades dos profissionais foram alterados de forma profunda com a pandemia, e esses talentos passaram a buscar mais tempo com a família e a priorizar a qualidade de vida no trabalho.

Com isso, uma grande parte dos trabalhadores não aceita mais passar horas em grandes deslocamentos, e ainda se expor ao estresse do trânsito dos grandes centros urbanos.

Dessa forma, as companhias estão se movimentando para reter seus melhores profissionais e, para isso, além do trabalho remoto e híbrido, ainda pensam em outras alternativas para cativar os colaboradores, como carga horária reduzida, por exemplo.

Portanto, o grande desafio das empresas quanto o assunto é tendências de trabalho para o futuro em 2024, será equilibrar as necessidades da empresa com as expectativas dos funcionários.

Para tanto, ainda é preciso responder a algumas questões, como garantir o engajamento e a produtividade de times 100% remotos, além de fortalecer os valores da companhia por meio da comunicação interna.

2. Benefícios para atração de talentos

O trabalho flexível já é visto pelos profissionais como uma forma de benefício, mas se você quiser manter a atratividade das suas vagas e uma marca empregadora forte, vai precisar ir um pouco além.

Isso porque as pessoas valorizam ainda os cuidados com a saúde, seja ela física ou mental. Além disso, ainda é preciso pensar em outros atrativos, a exemplo de:

  • plano de carreira;
  • plano de cargos e salários;
  • vale-alimentação e vale-refeição;
  • plano odontológico;
  • auxílio-creche;
  • férias prêmio;
  • bônus por performance, entre outros.

Além disso, é um desafio para as empresas manter climas organizacionais saudáveis, pois isso também é um critério dos profissionais na hora de escolher uma empresa para se trabalhar.

O equilíbrio entre vida pessoal e profissional também tem sido cada vez mais mensurado na hora de aceitar uma proposta de trabalho, pois muitas pessoas já colocam o seu bem-estar e o da família em primeiro lugar.

3. Uso do metaverso

O metaverso configura como uma das principais pautas quando o assunto é tendências de trabalho para o futuro em 2024, principalmente no que diz respeito à sua proposta de atuação colaborativa.

Grandes companhias como Microsoft, Grupo Meta e Zoom já fazem uso de plataformas colaborativas de trabalho, mas esse modelo pode ser expandido para qualquer organização que esteja aberta à tecnologia e ao senso cooperativo.

É certo que a realidade virtual pode estar um pouco distante para a maioria das organizações, mas já é possível participar de reuniões e treinamentos online de forma mais imersiva, garantindo uma boa experiência para o colaborador. 

4. Lazer no espaço de trabalho

Como o trabalho home office e híbrido tem sido a escolha de grande parte dos profissionais, as empresas diminuíram seus espaços e estão focando em ambientes que incentivem o engajamento e a colaboração dos funcionários.

Para deixar o ambiente mais próximo do colaborador, vale tudo, de mesa de totó, a máquina de café expresso, passando por espaços instagramáveis, com decoração temática. Até mesmo levar o bichinho de estimação para o escritório, no pet day, tem conquistado grande adesão dos profissionais.

As empresas menores, para diminuir os custos, podem apostar na locação de espaços de coworkings para integrar a equipe. Esses espaços costumam oferecer espaços criativos e acolhedores, o que atende ao propósito de oferecer lazer no espaço de trabalho, ao mesmo tempo em que as despesas com infraestrutura são reduzidas.

5. Transparência e ESG

Environmental, social, and corporate governance (ESG) é um conjunto de padrões e boas práticas que tem como objetivo verificar se uma organização é socialmente consciente, sustentável e corretamente gerenciada.

Como a nova geração de trabalhadores já escolhe onde deseja trabalhar, e analisa se os propósitos das companhias estão alinhados com seus valores pessoais, investir nessas práticas é fundamental para manter a atratividade de talentos.

Além disso, questões como equidade de gênero e transparência salarial também são debatidas no ESG, e companhias que adotam essas práticas deverão acelerar práticas de diversidade, equidade e inclusão.

6. Foco nas soft skills

Em um cenário de grandes mudanças para a atração e retenção de talentos, as habilidades emocionais, ou soft skills, mantém sua relevância nas tendências de trabalho para o futuro em 2024. Algumas das competências emocionais mais almejadas pelo mercado na atualidade são:

  • foco na solução de problemas;
  • decisões assertivas e éticas;
  • colaboração;
  • inteligência emocional;
  • cuidado com viés de julgamento;
  • habilidades de comunicação;
  • autogestão.

7. Escassez de mão de obra qualificada

Essa não é uma tendência de trabalho para o futuro muito positiva, mas encontrar mão de obra especializada, em especial no segmento da tecnologia, será cada vez mais desafiador, conforme aponta estudo de 2022 da consultoria Deloitte.

A pesquisa revela que esse será um dos principais desafios das companhias no futuro próximo, pois, sem formação de mão de obra qualificada, as empresas não têm como crescer.

8. Semana de 4 dias 

A flexibilização do trabalho também envolve a adoção de semana de 4 dias pelas empresas. Países como Suécia, Bélgica e Inglaterra já testaram esse esquema de trabalho e, em 2024, novos projetos de jornada reduzida serão adotados em países como Nova Zelândia e Canadá.

A redução da carga horária é considerada pelas empresas porque, ao que mostra as experiências empíricas, os benefícios dessa estratégia proporcionam um melhor clima organizacional, aumento da produtividade, retenção de talentos, além de proporcionar vantagens para a saúde mental e física das pessoas.

9. Efetividade da liderança

Em se tratando de tendências de trabalho para 2024, a efetividade da liderança também ganha destaque nas organizações. Isso porque os gestores precisam se adaptar com maior facilidade à diversidade de suas equipes, saber lidar com cenários desafiadores mesmo à distância, e ainda otimizar recursos, além de ajudar a companhia a fortalecer a cultura organizacional.

Nesse cenário, é esperado dos líderes que eles sejam capazes de oferecer empatia e autoridade ao coordenar as equipes, além de conseguirem se adaptar rapidamente aos mais diversos tipos de cenários, acompanhando as tendências do mercado.

Além disso, eles terão de desenvolver um olhar mais acolhedor para o indivíduo que integra o time, a fim de conciliar dilemas e interesses, que mudam quase que rotineiramente no ambiente corporativo.

10. Valorização das pessoas

Nunca antes o mercado de trabalho se preocupou tanto em oferecer uma boa experiência para as pessoas, e isso tem um motivo: a dificuldade de atrair e reter bons talentos. Soma-se a isso o fato de muitos profissionais estarem revendo suas prioridades e decidindo focar em outros aspectos da vida, ou seja, família, amigos e bem-estar.

Nesse cenário, o ser humano se torna, cada vez mais, o centro das organizações, e as corporações se veem tendo de lidar com questões relacionadas à saúde mental, qualidade de vida, equilíbrio e outras questões inerentes ao ser humano, que antes não eram considerados fatores relevantes no mercado de trabalho.

Logo, uma forte tendência de trabalho para o futuro é as organizações colocarem o ser humano no centro de suas atividades, enxergando-os de forma mais ampla, indo além do âmbito profissional, sendo que esse posicionamento será requisito básico para as empresas se manterem competitivas no mercado.

Quais as carreiras que estarão em alta em 2024?

Quando o assunto é as tendências para o futuro do trabalho, é preciso considerar, ainda, quais são as profissões que estarão em alta em 2024.

De acordo com publicação da  InfoMoney, que entrevistou renomadas consultorias de carreiras no país, entre elas Robert Half, Korn Ferry, Robert Walters e o site de empregos Indeed, as posições em alta no mercado de trabalho seguirão as demandas de mercado atuais.

Dessa forma, chegou-se a seis grandes áreas do mercado de trabalhado: 

  1. recursos humanos;
  2. finanças e mercado financeiro;
  3. logística;
  4. área jurídica;
  5. tecnologia;
  6. vendas e marketing.

Viu como as tendências de trabalho para o futuro em 2024 passam, necessariamente, pelo olhar da gestão de RH?

É preciso considerar a nova realidade do mercado de trabalho, em que os profissionais buscam, cada vez mais, qualidade de vida e bem-estar. Logo, organizações que desejam se destacar no mercado devem, necessariamente, colocar as pessoas em primeiro lugar.



Outras vagas


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top

PUBLICIDADE