Gestora escolar: o que faz, salário e vagas

COMPARTILHE!
Gestora escolar: o que faz, salário e vagas



O que veremos neste artigo

Você sabe o que faz uma gestora escolar? Qual a diferença desse cargo para outras funções dentro da área educacional?

Você sabe o que faz uma gestora escolar? Qual a diferença desse cargo para outras funções dentro da área educacional? Entenda melhor a sua atuação e responsabilidades e como está o mercado de trabalho atual para essa profissão. 

O que é a gestão escolar?

Dentro do ecossistema educacional, a gestão escolar é um pilar fundamental dentro das instituições de ensino. Isso porque é esse setor que cuida da administração dos recursos materiais e não materiais nessas instituições.

 

Contudo, não se trata simplesmente de administração escolar. A gestão escolar é um processo mais abrangente, que lida tanto com os recursos quanto com o seu direcionamento em relação ao processo de ensino e aprendizagem.

O que faz uma gestora escolar?

Essa profissional será a responsável pela administração da escola ou instituição de ensino de uma forma global. Assim, ela deve promover o alinhamento de todos os elementos necessários para que a instituição cumpra seu propósito educacional. 

 

Por isso, é fundamental que a sua atuação conecte todos os setores e pilares que uma escola precisa para desempenhar suas funções, como o corpo docente, o setor administrativo, o setor financeiro, o alinhamento pedagógico, etc. 

 

É essencial, portanto, que a gestão escolar seja o ponto de conciliação e equilíbrio dos recursos e ferramentas disponíveis, de modo a atingir a máxima eficiência possível. 

Quais são as principais responsabilidades de uma gestora escolar? 

De certa forma, além de cumprir determinadas funções de gestão e administração, a gestora escolar deve ser uma espécie de líder da comunidade. 

 

Isso porque cabe à ela assumir posições de liderança, mediação de conflitos e coordenação para elaboração do projeto pedagógico. Por essa razão, a sua gama de responsabilidades é bastante interdisciplinar. 

 

Ela inclui desde o acompanhamento das finanças até a gestão de relacionamentos dentro da instituição, passando também por um aspecto criativo, que consiga propor possibilidades de inovação dentro do ambiente escolar. 

 

Dentre as principais responsabilidades que uma gestora escolar pode assumir dentro do funcionamento de uma instituição de ensino, podemos destacar:

 

  • Exercer cargo de liderança dentro da comunidade escolar;
  • Ser mediadora entre a comunidade e as famílias dos alunos;
  • Conduzir a elaboração do Projeto Político Pedagógico da instituição;
  • Definir o calendário escolar e oferecer as condições para o seu cumprimento;
  • Coordenar a equipe de colaboradores e corpo docente;
  • Oferecer boas condições para a realização dos processos de aprendizagem;
  • Formular condições para a capacitação constante do corpo docente e dos colaboradores;
  • Fazer uma gestão transparente dos recursos materiais, financeiros e humanos da instituição de ensino.

 

Como podemos observar, é uma função bastante dinâmica, que envolve tanto o acompanhamento de rotinas quanto de processos de gerência e administração. 

Qual a diferença entre o cargo de gestor escolar e diretor de escola?

A ascensão da gestão escolar é um processo que está em curso desde reformulações na área educacional que ocorreram a partir do final dos anos 1980. 

 

Foi nesse momento em que propostas de gestão escolar democrática e modelos de organização que envolviam a participação de toda a comunidade escolar se tornaram mais frequentes.

 

Então, se antes toda a responsabilidade central sobre o funcionamento de uma escola ou instituição de ensino ficava à cargo da direção, com a ascensão do gestor escolar, a dinâmica desses papéis se alterou um pouco.

 

Nesse contexto, as duas funções hoje coexistem dentro do ecossistema educacional porque suas atribuições são diferentes. 

 

O diretor escolar se volta mais para os cuidados sobre a aprendizagem e métodos de ensino da instituição, assim como para o acompanhamento de seus objetivos e metas. 

 

Algumas atribuições que são responsabilidade da direção escolar são, por exemplo, a condução das reuniões com professores, orientadores e coordenadores pedagógicos. 

 

Além disso, a figura do diretor escolar exerce a função de responsabilidade legal e pedagógica pela instituição. Portanto, é ele quem responde perante a justiça caso ocorra algum tipo de problema. 

Qual a formação do profissional da área de gestão escolar?

De modo geral, não há uma regra específica. Isso porque há pessoas com formações diversas que exercem o cargo de gestora escolar. O mais importante é ter afinidade e experiência com o ambiente educacional;

 

No entanto, é comum que pessoas formadas nas áreas de Pedagogia, Educação ou Administração apresentem mais familiaridade com o tema. 

 

Atualmente, também existem diversos cursos de pós-graduação ou MBA específicos para a área de Gestão Escolar ou Gestão Educacional. Eles são uma alternativa interessante para quem deseja se especializar na área e construir uma carreira nessa profissão. 

 

É importante mencionar, contudo, que a essência interdisciplinar da função exige mais do que estudos e especializações teóricas. Portanto, é necessário que o profissional de gestão escolar também apresente outras habilidades e competências humanas que o cargo demanda. 

Qual a média salarial de uma gestora escolar no Brasil?

Segundo pesquisas de sites especializados, o principal fator de variação do salário de um gestor escolar é o seu nível de experiência. Assim, uma gestora escolar iniciante costuma ter um salário médio de R$ 2.500,00. 

 

Já gestores com experiência intermediária podem receber salários em torno de R$ 3.000,00 a R$ 3.200,00. Os salários de gestores escolares pleno ou sênior podem superar, em média, R$ 5.000,00 mensais. 

 

A média salarial também pode variar conforme a região do país e as características da instituição de ensino, seja ela pública ou privada. 

Mercado de trabalho para gestão escolar 

O mercado de trabalho voltado ao ecossistema educacional costuma ter uma oferta de vagas constante, por diversos fatores. É um setor no qual há muita possibilidade de expansão.

 

Pesquisando em alguns grandes sites de ofertas de empregos no Brasil, verificamos que havia quase 500 vagas de postos de trabalho em gestão escolar ou educacional. 

 

Outra vantagem dessa carreira é que ela sua atuação não está restrita à uma demanda regional. Portanto, é possível encontrar vagas em todas as regiões e estados do país.

 

É comum que a maioria das vagas ofertadas tenha uma certa exigência de experiência. Afinal de contas, como falamos acima, as especificidades da função envolvem muito além do que o acúmulo de conhecimento teórico sobre o tema.

 

Assim, pessoas que são recém formadas e desejam iniciar nesta carreira podem ter mais dificuldade de conseguir vagas específicas. 

 

Uma solução interessante é se candidatar a outras funções relacionadas à gestão educacional, que necessitam de menos experiência. 

 

Então, a partir do acúmulo de experiência e realização de especializações na área, torna- se mais fácil conseguir assumir cargos de gestora escolar. 

 



Vagas de Gestora Escolar


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top

PUBLICIDADE