Decoradora: Vagas, onde me formar e salário

COMPARTILHE!
Decoradora: Vagas, onde me formar e salário



O que veremos neste artigo

O que faz uma decoradora? Qual é a formação necessária para atuar nessa profissão e quais são as principais atribuições no dia a dia de trabalho?

O que faz uma decoradora? Qual é a formação necessária para atuar nessa profissão e quais são as principais atribuições no dia a dia de trabalho? Descubra isso, média salarial e também como são as projeções do mercado para essa profissional no Brasil.

O que é uma decoradora?

É uma profissional responsável por elaborar soluções estéticas para espaços interiores de imóveis residenciais, comerciais e institucionais. Seu principal objetivo é compor uma harmonização entre todos os móveis, objetos e acessórios.

 

Para isso, ela deve pesquisar materiais, planejar cores, diferentes tipos de acabamento e iluminação e outros produtos que estejam de acordo com as necessidades e gostos do cliente. 

Qual a diferença entre uma decoradora e uma designer de interiores?

É bastante comum que ocorra confusão entre os termos. No entanto, a designer de interiores é uma profissional que se volta para o planejamento dos ambientes. 

 

Ele deve unir habilidades de criatividade, raciocínio lógico e organização e seguir normas técnicas específicas. Além de desenvolver projetos completos de interiores e elaborar plantas de layout, a designer de interiores também pode realizar desenhos de mobiliário.

 

Já o trabalho da decoradora tem um foco exclusivamente estético, que envolve bastante a seleção de peças decorativas e itens de mobiliário ou até mesmo todo o gerenciamento do projeto de decoração de um ambiente. 

O que faz uma decoradora?

O profissional que trabalha com decoração de ambientes deve conferir personalidade aos espaços. Ao mesmo tempo, ele deve procurar soluções práticas e combinar elementos que tanto preencham as necessidades do cliente quanto integrem bem a habitação.

 

Por isso, conhecimentos em história, arte, colorimetria, instalação, materiais, mobiliário e design são muito recomendados para quem deseja atuar no segmento. 

 

Outra função importante é levar em consideração a capacidade do espaço e a sua iluminação natural. Isso é muito importante para criar um ambiente que seja estéticamente agradável e confortável aos seus clientes.

 

Além disso, é fundamental que a decoradora saiba respeitar o orçamento previsto, de modo a fazer pesquisas de produtos e materiais que sejam compatíveis com ele. Dentre as principais atribuições do decorador, podemos destacar:

Conhecer todas as necessidades do cliente

É essencial ter um bom diálogo com o cliente desde o primeiro momento e durante todas as reuniões de trabalho, de modo a obter um panorama completo das suas necessidades e desejos.

 

Isso porque esses dados são primordiais para a elaboração de um planejamento assertivo, em termos de proposta, ideias, orçamento e execução. 

Assessoria de tendências

Estar constantemente atualizado sobre as novas tendências no mercado de design, decoração, arte e mobiliário faz parte da rotina da decoradora. A partir disso, ela pode prestar consultorias mais especializadas aos seus clientes. 

 

Lidar com os desafios do projeto de decoração

É essencial seguir os requisitos definidos no escopo do projeto, em relação aos parâmetros do espaço e para atender às necessidades do cliente. Para isso, é necessário lidar com os desafios que envolvem essa dinâmica.  

Fazer pesquisas de produtos

A pesquisa por itens decorativos, móveis, acessórios e até mesmo obras de arte é uma das etapas de execução que demanda mais tempo dos decoradores. Além disso, a pesquisa deve sempre se ater ao orçamento do projeto. 

Coordenar a execução do projeto

A coordenação de um projeto de decoração envolve múltiplas tarefas, desde a pesquisa de itens até a compra dos produtos, passando pela organização da logística de entrega até a  supervisão da instalação das peças de modo correto. 

Quais são as principais habilidades para ser uma ótima decoradora?

Ter sensibilidade estética, com certeza, é um dos requisitos principais. Contudo, há também outras soft skills que uma decoradora deve possuir para se destacar no mercado de trabalho.

 

Alguns exemplos são perfil de liderança, criatividade, comunicação assertiva, organização e planejamento, administração do tempo, desenho técnico e noção de composição. 

Qual formação é necessária para se tornar um decorador?

No Brasil, não há cursos de graduação que tratam especificamente de Decoração. No entanto, existem cursos livres temáticos presenciais e online, assim como cursos de ensino superior que agregam muito à formação de quem deseja entrar no segmento. 

 

A maior parte dos profissionais que atua no mercado de trabalho possui formação superior nas áreas de Arquitetura e Urbanismo, Design de Interiores, Design ou Belas Artes. 

 

Assim, um bom caminho profissional é cursar uma graduação que tenha a ver com a área e depois se especializar mais, a partir do estudo e de cursos de aperfeiçoamento temático. 

Quais são as possibilidades de atuação no mercado de trabalho?

Uma das coisas mais interessantes dessa profissão é que há diversas formas de trabalhar profissionalmente. 

 

A mais comum é trabalhar como decoradora autônoma, com escritório e marca própria. Como consultora independente de decoração, é possível selecionar os projetos nos quais você vai trabalhar, mas também ter um sólido trabalho de marketing e divulgação do portfólio. 

 

Trabalhar diretamente com marcas de decoração é uma outra alternativa, visto que muitas empresas do setor oferecem serviços de assessoria particular para clientes individuais e comerciais.

 

Integrar a equipe de um escritório ou estúdio de arquitetura e engenharia é outra opção viável porque essas áreas se integram, de modo que a decoração é a parte final de um projeto que se inicia na planta original. 

 

Finalmente, trabalhar com o segmento de direção de arte, criando cenários para peças audiovisuais de cinema e TV é uma área que atrai muitas pessoas que se interessam por decoração. 

Qual a média salarial de uma decoradora no Brasil?

De modo geral, é difícil mensurar uma faixa salarial exata para essa profissional. Isso porque boa parte das pessoas trabalha de forma autônoma, o que faz com que os ganhos sejam muito variáveis.

 

Então, é possível ter uma estimativa a partir da média salarial de pessoas que prestam serviços como decoradora para empresas. Segundo o Banco Nacional de Empregos, a média fica em torno de R$ 2060, com salários que podem chegar a R$ 3500.

 

Contudo, é totalmente possível que um profissional que trabalhe de forma autônoma e já tenha um nome bem construído no mercado receba rendimentos superiores a esse. 

Como encontrar vagas?

A internet é um ótimo local para procurar vagas de emprego para decoradora. Importante mencionar que muitas oportunidades podem conter a indicação de que são para Designer de Interiores, mas também abarcar a parte de decoração.



Vagas de arquitetura


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top

PUBLICIDADE