Saiu o edital Concurso do Ministério da Educação! 220 Vagas

COMPARTILHE!
Saiu o edital Concurso do Ministério da Educação! 220 Vagas



O que veremos neste artigo

Saiu o edital para o novo concurso do Ministério da Educação para pessoas com nível Superior. Se você tem graduação concluída e está em busca de um concurso...

Saiu o edital para o novo concurso do Ministério da Educação para pessoas com nível Superior. Se você tem graduação concluída e está em busca de um concurso público de âmbito federal, esta é a sua chance! Veja mais informações abaixo!

Saiu o edital do Ministério da Educação!

Foi divulgado na terça-feira, dia 08 de Agosto, no Diário Oficial da União, o concurso público para o preenchimento de vagas para o cargo de Técnico em Assuntos Educacionais, do Ministério da Educação.

Qual o período de inscrições?

As inscrições estão abertas entre os dias 09 de Agosto até as 18 h horas do dia 28 de Agosto de 2023, segundo o horário de Brasília. 

Quantidade e distribuição de vagas

Ao todo, são 220 vagas para profissionais que atuarão em jornadas de 40 horas semanais. Todas as vagas são para locação na sede do órgão público, no Distrito Federal. 

A divisão será de 165 vagas destinadas à ampla concorrência, 11 vagas reservadas para candidatos com deficiência e 44 vagas reservadas para candidatos negros.

Para concorrer às vagas reservadas, é necessário atender aos requisitos expostos no edital e cumprir os procedimentos indicados, sem exceção.

Quem vai organizar o concurso?

O concurso será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, o Cebraspe. Assim, o método Cespe será utilizado nas avaliações.

O que faz um Técnico em Assuntos Educacionais?

A principal função deste profissional é executar tarefas de natureza qualificada, sob supervisão superior, que envolvam a implementação de atividades pedagógicas.

Portanto, o foco principal é abordar questões que se relacionem à resolução de desafios educacionais, orientação educacional, administração escolar e também promoção da educação sanitária.

Qual a formação necessária para exercer o cargo?

Ter diploma registrado de conclusão em qualquer curso de graduação de nível superior, em instituição de ensino reconhecida pelo MEC. Não é necessário que o profissional tenha formação específica na área de Pedagogia ou correlatos.

Qual é a remuneração do cargo?

A remuneração é de R$ 6.255,90, sendo R$ 2.419,00 relativos ao vencimento básico e R$ 3.836,00 à Gratificação de Desempenho. 

Quais são os requisitos necessários para assumir o cargo?

Além da aprovação no certame público ao qual este artigo se refere, o candidato deve atender a outros requisitos para assumir a função. Os principais são:

  • Ter nacionalidade Brasileira ou Portuguesa;

  • Estar em gozo dos seus direitos políticos e quite com suas obrigações eleitorais;

  • Estar quite com suas obrigações militares, no caso dos candidatos do sexo masculino;

  • Ter a idade mínima completa de 18 anos;

  • Ser considerado apto em todos os exames médicos pré-admissionais;

  • Apresentar todos os documentos exigidos. 

Além disso, há outras especificações expostas no edital, relativas ao acúmulo de cargos públicos e recebimento de aposentadorias oriundas destes.

Qual o valor da taxa de inscrição?

O valor da taxa é de R$ 80,00. Ela deve ser paga através de Guia de Recolhimento da União (GRU cobrança) através do endereço especificado no edital. 

A data final para pagamento da taxa de inscrição é dia 11 de Setembro.

Como será o exame de habilidades e conhecimentos?

O concurso vai consistir em três etapas, sendo duas de provas objetivas e uma de provas discursivas. Todas as etapas têm caráter eliminatório e classificatório.

Ao todo, serão 50 itens de prova objetiva sobre conhecimentos básicos e 70 itens de prova objetiva sobre conhecimentos específicos à função. Além delas, haverá a aplicação de prova discursiva.

No entanto, é importante que o candidato saiba que todas as etapas serão realizadas no mesmo dia, no turno da tarde do dia 08 de Outubro. A duração total do certame será de 4 horas e 30 minutos. 

Quais serão os conhecimentos cobrados nas provas?

Os conhecimentos básicos serão relativos aos seguintes temas: 

  • Língua Portuguesa;

  • Legislação e Ética na Administração Pública;

  • Noções de Direito Constitucional;

  • Noções de Administração Pública;

  • Atualidades.

Veja abaixo quais serão os conhecimentos específicos cobrados nas provas:

  • Políticas Públicas;

  • Legislação Educacional;

  • Fundamentos da Educação.

Já para a prova discursiva o candidato deverá escrever uma redação dissertativa de até 30 linhas sobre um tema da atualidade, sobre administração pública ou sobre a educação pública. 

Especificidades do método Cespe

O Cebraspe, que será a banca executora e avaliadora do concurso, é bastante conhecido no universo dos concurseiros pelo seu rigoroso método de avaliação das provas.

Isso porque enquanto cada item assinalado como certo pelo candidato soma 1 ponto, cada item assinalado em desacordo com o gabarito oficial diminui 1 ponto. 

Em outras palavras, 1 item errado anula um certo. Esse tipo de correção faz com que o candidato precise ter o máximo de assertividade possível na marcação dos itens. Além disso, o Cebraspe já pontua desde o edital qual a pontuação de eliminação. 

Como estudar para o concurso de Técnico em Assuntos Educacionais, do Ministério da Educação?

A especificidade do método de correção Cespe faz com que os candidatos que possuem o maior domínio do conteúdo levem vantagem, visto que a tendência é que façam um número de pontos superior àqueles que “vão chutar” a maior parte das questões.

De qualquer forma, ainda há um bom tempo de preparação para este concurso, sobretudo se você já está acostumado a provas de modelo semelhante ou que compartilham níveis de conhecimentos parecidos.

Um dos meios mais fáceis de estudar é através de apostilas específicas sobre os conteúdos, que costumam trazer tanto uma abordagem teórica quanto a exposição de exercícios.

Os temas relativos aos Conhecimentos Básicos costumam ser comuns a diversos concursos, de modo que não deve ser difícil encontrar material disponível na internet.

No caso dos Conhecimentos Específicos, que se referem de forma mais específica ao tema da Educação, será necessário fazer uma busca mais especializada ou mesmo adquirir materiais produzidos para este concurso.

Dica para otimizar o seu desempenho

Depois que você já tiver um acúmulo considerável de conhecimento sobre os temas cobrados, pratique ao máximo os exercícios formulados pela banca.

É muito importante que sejam formulados pelo Cespe porque dessa forma você já se acostuma com a linguagem utilizada pela banca, o que favorece o desempenho na experiência de prova!

Vale a pena fazer o concurso de Técnico de Assuntos Educacionais do Ministério da Educação?

Esta é uma excelente oportunidade para todos àqueles que têm formação de nível superior e a ambição de ser aprovado em um concurso público federal.

Contudo, é essencial que o candidato leve em consideração a exigência de moradia no Distrito Federal, visto que isto é uma exigência prevista no edital. Bons estudos!



Vagas de Educação


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top

PUBLICIDADE