Caseiro: o que faz, salário e vagas

COMPARTILHE!
Caseiro: o que faz, salário e vagas



O que veremos neste artigo

Você sabe o que faz um caseiro? Quais são suas principais responsabilidades? É necessário qualificação para exercer a função?

Você sabe o que faz um caseiro? Quais são suas principais responsabilidades? É necessário qualificação para exercer a função? Veja como é o mercado de trabalho e a demanda de vagas para essa profissão!

O que é um caseiro?

É um profissional que exerce a função de gestão de uma propriedade, com dedicação integral. A tarefa costuma envolver serviços braçais e pode abranger também aspectos da segurança do imóvel. 

Perfil profissional

No Brasil, a maioria dos caseiros é do sexo masculino. Isso ocorre tanto pela característica de algumas atribuições da função como pelo contexto da propriedade, visto que em alguns locais, a tarefa pode envolver um certo grau de risco.

 

Contudo, não é incomum que um casal seja contratado para exercer a função, com divisão de tarefas. 

 

Então, é comum que um deles cuide da parte de manutenção e reparos, cuidado do local e jardinagem, enquanto a outra parte se dedica à organização interna, limpeza e cozinha. 

 

De qualquer forma, pode ser comum encontrar nos anúncios de vagas para a função especificações sobre se o posto de trabalho pode ser preenchido por pessoas de ambos os sexos. 

 

A atuação do caseiro lembra um pouco a do zelador, em termos das responsabilidades deste em relação à propriedade. A principal diferença, no entanto, é que além de cuidar das atividades de manutenção e cuidado, o caseiro precisa residir no local. 

O caseiro é um trabalhador doméstico?

Uma dúvida comum sobre a função é saber se essa profissão pode ser enquadrada como uma pessoa que é trabalhadora doméstica. 

 

Conforme a especificação da lei, o indivíduo que é contratado como caseiro para zelar e cuidar de uma propriedade, seja ela uma residência de veraneio, chácara ou sítio, no qual o proprietário não reside, é um trabalhador doméstico se o seu trabalho não trouxer lucros ao contratante.

 

Isso significa que, a prestação de serviços para o contratante e sua família, em âmbito exclusivamente residencial, faz com que o caseiro seja um trabalhador doméstico.

 

Essa atuação não se aplica para os casos em que a sua função de zeladoria do imóvel ocorrer em empreendimentos usados para negócios, como consultórios, oficinas ou sedes de prestação de serviços. 

 

No caso da pessoa que atua como caseiro e vive em uma propriedade rural, o enquadramento válido pela lei para esse vínculo empregatício é o de trabalhador rural. 

O que um caseiro faz?

As funções e atribuições de um caseiro podem ser bastante diversas. Tudo vai depender do que foi combinado no contrato de trabalho entre ele e o contratante. 

 

Em alguns casos, pode ocorrer do caseiro acumular tanto funções de zeladoria quanto de trabalho doméstico, gestão da propriedade, segurança e jardinagem, por exemplo.

 

De qualquer maneira, o mais seguro juridicamente é detalhar, em contrato de trabalho, todas as atividades que devem ser exercidas pelo caseiro. Além disso, é necessário que a sua carga horária seja respeitada e que ele cumpra horários fixos.

 

Isso é muito importante para evitar abusos, como desempenho de tarefas excessivas ou extensão incorreta da carga horária para além do horário devido. Veja quais são as atribuições mais comuns de um caseiro:

 

  • Cuidar da limpeza nos ambientes internos e externos da propriedade;
  • Realizar serviços de manutenção;
  • Cuidar e alimentar animais de estimação, caso morem na propriedade (é comum no caso de cães de guarda, por exemplo); 
  • Realizar jardinagem, cuidar de plantas e manter a área externa limpa;
  • Limpar piscinas;
  • Providenciar a reposição de produtos, insumos e materiais necessários para o funcionamento da casa;
  • Colaborar com a conservação de móveis, eletrodomésticos, equipamentos e roupas;
  • Preparar refeições;
  • Transmitir recados aos proprietários;
  • Receber correspondências;
  • Providenciar, contratar e supervisionar a realização de prestação de serviços por outros profissionais na propriedade;
  • Cuidar da segurança do imóvel e dos dispositivos e sistemas de alarme. 

Qual é a formação necessária para se tornar um caseiro?

Não há exigência de qualificação profissional ou curso profissionalizante para exercer a função. É comum que as pessoas que trabalham na área tenham um grau de escolaridade baixa.

 

Ao mesmo tempo, conhecimentos diversos sobre gestão doméstica, jardinagem, reparos e manutenção da propriedade são muito úteis para se tornar um bom profissional.

 

Existem algumas competências e habilidades que agregam de forma positiva àquele que pretende se dedicar à função. 

Quais são as habilidades e competências que um caseiro deve ter?

Com toda certeza, a principal habilidade que este profissional precisa ter é senso de responsabilidade. Isso porque ele é o responsável por todo o cuidado, segurança e zelo da propriedade. 

 

As habilidades de comunicação são muito importantes porque também será necessário sempre manter bom diálogo com o contratante e com outros profissionais que possam prestar serviços na propriedade.

 

É importante ter proatividade para identificar quais são as tarefas de urgência, organização e planejamento para cumprir com a rotina diária e habilidades de gestão de tempo para dar conta de todos os afazeres.

 

Conhecer o funcionamento dos equipamentos e instrumentos que a propriedade possui é fundamental, assim como ter boa noção de economia de recursos e materiais, de modo a evitar o desperdício. 

 

Finalmente, a capacidade de antecipar problemas e de apresentar soluções é essencial. Isso porque muitas vezes o proprietário estará fora e o caseiro será a pessoa responsável por solucionar os problemas.

 

Onde um caseiro pode trabalhar?

O mais comum no contexto brasileiro é que os caseiros trabalhem e residam em propriedades rurais ou litorâneas, nas chamadas casas de veraneio ou temporada.

 

Algo que pode ser bastante atrativo para algumas pessoas é a desobrigação de custo de aluguel, afinal, é bem recorrente que o caseiro more dentro da propriedade, em uma habitação exclusiva ao seu uso. 

 

Em outros casos, o caseiro pode não residir na propriedade, mas de toda forma, precisa morar próximo ao local, de modo a estar sempre presente para a realização das tarefas e para oferecer segurança. 

 

Outros locais possíveis onde um caseiro pode trabalhar são chácaras que sediam eventos, resorts, chalés comerciais, imóveis distantes de centros urbanos ou casas onde residem idosos. 

Qual a média salarial de um caseiro e onde encontrar vagas?

A média salarial para um caseiro no Brasil é de cerca de R$ 1400. O teto salarial costuma ser de R$ 2300. No entanto, especificações de contrato e lugar onde o trabalho é exercido podem fazer com que o salário varie para cima ou para baixo. 

 

É possível encontrar vagas para caseiro anunciadas em sites e portais de emprego. Em uma breve pesquisa, encontramos mais de 250 vagas anunciadas.

 

No entanto, também é comum que muitos postos de trabalho sejam ocupados através de indicação, ou divulgação em contextos locais. Portanto, se você deseja trabalhar como caseiro, fique atento às oportunidades divulgadas pela internet ou por conhecidos!



Vagas de Caseiro


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top