Atendente de farmácia: o que é, quanto ganha e o que faz

COMPARTILHE!
Atendente de farmácia: o que é, quanto ganha e o que faz



O que veremos neste artigo

Você sabe o que faz um atendente de farmácia? O setor farmacêutico vive um momento de expansão em nosso país.

Você sabe o que faz um atendente de farmácia? O setor farmacêutico vive um momento de expansão em nosso país. Atualmente, o mercado farmacêutico brasileiro é o sexto maior do mundo.

 

Portanto, há uma boa demanda para oferta de vagas de trabalho nessa área. Entenda melhor quais são as funções do atendente de farmácia e como está o mercado de trabalho para essa profissão.

O que faz um atendente de farmácia?

O cargo de atendente de farmácia é fundamental para o funcionamento interno de qualquer farmácia. 

 

Isso porque esse profissional desempenha diferentes tarefas e atividades, que vão desde a organização dos medicamentos e produtos até o suporte ao farmacêutico responsável.

Qual a diferença entre o atendente de farmácia e o farmacêutico?

O profissional farmacêutico deve ser graduado no curso de ensino superior de Farmácia, que tem duração de 5 anos. Ele se habilita a atuar como o responsável técnico pelo funcionamento e comercialização de medicamentos em farmácias e drogarias. 

 

Já o atendente de farmácia não necessita de formação específica. Ele é o profissional responsável por oferecer suporte ao farmacêutico e atuar dentro da rotina de atividades e tarefas de uma farmácia. 

Quais são as principais responsabilidades do atendente de farmácia?

Uma das suas principais atuações é o atendimento ao público, seja de forma presencial ou por telefone. 

 

O atendente deve ajudar o cliente a encontrar os produtos que necessita na farmácia e prestar informações básicas. Outros exemplos de responsabilidades da função são:

 

  • Interpretar receitas e prescrições médicas;
  • Manter o ambiente da farmácia higienizado;
  • Manter as prateleiras de produtos organizadas;
  • Auxiliar na reposição de estoque;
  • Acompanhar o controle de validade dos produtos;
  • Realizar operações de venda;
  • Auxiliar o cliente e tirar dúvidas sobre produtos cosméticos.

 

Dentro da hierarquia profissional, é comum que o atendente de farmácia seja supervisionado por um farmacêutico. 

Quais são os requisitos para se tornar um atendente de farmácia?

Não há uma formação ou qualificação específica para atuar na função. Contudo, é bem comum que as empresas tenham o ensino médio completo como um requisito para a contratação. 

 

Isso porque é importante que o atendente tenha habilidades básicas de comunicação, compreensão de texto e conhecimento de operações matemáticas. 

 

Além disso, possuir conhecimentos básicos sobre medicamentos e questões de saúde pode ser um diferencial. Boas habilidades de atendimento ao público e técnicas de vendas também são qualidades desejáveis. 

 

A expansão da função tem tornado mais comum a realização de cursos profissionais de atendente de farmácia, mesmo que não sejam uma exigência para as vagas. 

 

No entanto, possuir uma qualificação com certeza valoriza mais o candidato e facilita encontrar melhores oportunidades. 

 

A maioria dos cursos é de qualificação livre, não técnica, e pode ser realizada de forma online. A carga horária costuma ser de 45 a 80 horas ao todo. Inclusive, é possível encontrar cursos gratuitos que oferecem boa qualificação na área. 

Qual é o perfil profissional do atendente de farmácia?

É desejável que o atendente de farmácia seja uma pessoa comunicativa e com facilidade de expressão porque boa parte do seu trabalho será em contato direto com o público.

 

Ser um profissional que desenvolva interesse pelo tema de medicamentos, de modo a estudar mais sobre o assunto, é um diferencial importante. 

 

Isso pode fazer com que ele se destaque no atendimento, orientando os clientes quando necessário e atuando de forma conjunta ao farmacêutico. 

 

Uma característica importante é ter empatia e paciência porque muitas pessoas que se deslocam até à farmácia estão sentindo dores, enfrentando doenças ou com abalos psicológicos por conta da saúde. 

 

Por isso, ter sensibilidade para oferecer um atendimento cordial e gentil aos clientes é muito importante. Uma abordagem sensível e atendimento personalizado pode ter um impacto positivo sobre um cliente que se sente mal e ajudar a fidelizar uma clientela para a farmácia. 

 

Outra característica positiva é ter proatividade e organização, visto que muitas das tarefas rotineiras em uma farmácia dependem dessas qualidades. 

Quanto ganha um atendente de farmácia?

Uma pesquisa realizada por um site especializado em empregos identificou que o salário do atendente de farmácia pode variar entre R$ 1.230,00 a R$ 2.109,00.

 

De modo geral, a média salarial brasileira fica em torno de R$ 1348,00 para uma jornada de 44 horas semanais. Isso sem contar benefícios como vale transporte, vale refeição, participação nas vendas e bônus como descontos em medicamentos.

 

Por receber um pouco acima do salário mínimo, a profissão de atendente de farmácia é uma ótima opção para jovens que estão em busca do primeiro emprego. 

 

Além disso, é também uma boa escolha para quem está desempregado e precisa se recolocar no mercado de trabalho. 

 

A expansão do mercado farmacêutico no Brasil tende a consolidar ainda mais as oportunidades para essa profissão, como progredir até o cargo de gerente de farmácia. 

Como é a jornada de trabalho?

Em média, é comum que o atendente de farmácia tenha uma carga horária de 40 a 44 horas semanais. Contudo, algumas farmácias trabalham de forma ininterrupta, 24h. Assim, nesses contextos, o atendente pode ter uma jornada em rodízio de plantão. 

Em quais locais o atendente de farmácia pode trabalhar?

Ele pode trabalhar tanto em farmácias e drogarias quanto prestar suporte em farmácias de manipulação, segmento que está em expansão no Brasil. De acordo com dados do Conselho Federal de Farmácias, há mais de 90 mil estabelecimentos farmacêuticos no país. 

 

Uma informação que muitas pessoas desconhecem é que o atendente de farmácia também pode atuar como servidor público, selecionado através de concurso. 

 

É uma oportunidade interessante visto que o salário médio costuma ser superior ao de quem trabalha no setor privado. 

Mercado de trabalho para atendente de farmácia

A expansão do mercado farmacêutico brasileiro já ocorre há alguns anos e deve permanecer. O setor também apresenta crescimento em seu faturamento. Por isso, há uma alta demanda de vagas para trabalhar no segmento. 

 

Isso pode ser observado em uma rápida pesquisa nos principais portais de vagas de emprego no Brasil. 

 

No site LinkedIn, por exemplo, há mais de 7 mil vagas oferecidas para atendente de farmácia em todo o país. Em outros sites, havia mais de 100 vagas disponíveis, muitas delas anunciadas há pouco tempo. 

 

Outra vantagem é que é possível encontrar vagas de atendente de farmácia em todas as regiões e estados do Brasil, visto que o crescimento do setor farmacêutico é nacional.



Atendente de farmácia


Sobre o autor

Gisele Mendes - Marketing - Divulga Vagas
Gisele Mendes

Marketing - Divulga Vagas
 www.divulgavagas.com.br




Scroll to Top