Adiar uma conversa difícil com sua liderança vai transformar o problema em algo maior. Veja como se preparar para que esse momento seja proveitoso

Quando você é jovem, sua vida é cheia de “primeiras vezes”, especialmente quando se trata de trabalho. Primeira entrevista de emprego pós-faculdade. Primeira vez negociando seu salário. Primeiro dia de trabalho. Primeira apresentação. Um “primeiro” que sobrecarrega os jovens é a primeira conversa desconfortável com seu chefe. Tanto que muitos jovens evitam esse tipo de papo quando, na verdade, só há uma maneira de se sentir confortável durante conversas desconfortáveis: ter a conversa desconfortável.

Sim, você leu certo. A única maneira de se sentir menos ansioso com algo é enfrentá-lo e fazer o que está deixando você ansioso.

Quanto mais você faz coisas que o deixam ansioso, mais fáceis elas se tornam e, de repente, um dia você percebe que as coisas que você tinha tanto medo não são tão assustadoras quanto você pensava.

Ao mesmo tempo, se você evitar algo que o deixa ansioso no trabalho, mais difícil será a longo prazo e pode até se espalhar para outros aspectos de sua vida. Se você evita ter conversas difíceis no escritório, pode começar a inventar desculpas para evitar ter conversas difíceis com seu parceiro, por exemplo. De repente, algo que antes era desafiador, mas factível, ganhou vida própria.

Existem estratégias que você pode usar antes, durante e depois da conversa que ajudam a diminuir a ansiedade e aumentar sua autoconfiança.

Antes da reunião
Antes de iniciar qualquer conversa difícil, pense no momento e no tom. Você precisa ter certeza de iniciar a conversa no ambiente certo e na hora em que a outra pessoa for capaz de lhe dar toda a atenção.

1. Horário
Defina um horário para se encontrar com seu chefe e certifique-se de enviar um e-mail informando-o sobre o que você espera discutir durante a reunião. Assim, você não vai pegá-lo de surpresa e ele estará pronto para ouvir o que você tem a dizer.

2. Tom
Quando se trata de conversas, você não tem controle sobre o que a outra pessoa vai dizer ou como ela vai responder. Você tem controle sobre o que você diz e como você diz. Antes da reunião, reserve um tempo e pratique. Anote todos os seus pensamentos como um ponto de partida. Continue revisando até que todos os seus pontos estejam claros e concisos.

Finalmente, de 10 a 15 minutos antes da reunião, encontre um lugar tranquilo para fechar os olhos e visualizar-se conversando com seu gerente e se ver confiante e articulado. Lembre-se de que, embora essa conversa pode ser difícil às vezes, o objetivo é transmitir seu ponto de vista de maneira calma e ponderada.

Durante o encontro
Você está na reunião, aqui estão algumas coisas para se lembrar:

1. Use a palavra “eu” para expressar como está se sentindo
Começando frases com “Você disse que faria XYZ” ou “Você nunca ouve o que eu tenho a dizer ” geralmente faz as pessoas sentirem que precisam pular para a defensiva. Certifique-se de usar “eu” o máximo que puder, como “sinto que às vezes meu ponto de vista não está sendo ouvido”.

2. Seja Transparente
Esta é a primeira vez para você, então seja transparente. Diga algo como “Isso pode não parecer o caminho certo, então peço que tenha paciência comigo” ou “Esta é a primeira vez que tivemos esse tipo de conversa, então estou um pouco nervoso”. Dar nome ao que está acontecendo no momento é uma ótima maneira de desarmar a outra pessoa. Você está mostrando um pouco de vulnerabilidade, o que espero deixar a outra pessoa mais à vontade.

3. Mantenha-se flexível
Você tem uma ideia do seu resultado ideal, mas isso pode não estar alinhado com o que seu chefe ou a empresa precisa ou deseja no momento. Pense em alguns outros resultados que seriam agradáveis ​​para você se você e seu chefe não estivessem na mesma página.

Depois da conversa
Quais são os próximos passos?

1. Agradeça ao seu chefe pelo tempo
Não importa como as coisas tenham acontecido, é sempre bom reservar um tempo para reconhecer que ele tirou um tempo do dia para falar com você.

2. Revise o que você discutiu
Logo após a reunião, sente-se e escreva tudo o que ouviu durante a conversa e o que você e seu gerente concordaram durante a reunião. Mais tarde naquele dia, ou no dia seguinte, envie um e-mail ao seu gerente para revisar o que foi discutido para que fique por escrito e você possa consultá-lo novamente, se necessário.

3. Se dê um tapinha nas costas
Finalmente, e isso é muito importante, pare um momento e elogie a si mesmo por fazer uma coisa difícil. Mime-se com algo agradável como uma forma de reconhecer que você passou pela sua primeira (mas não pela última) conversa desconfortável.

Lembre-se sempre que só porque uma conversa é desconfortável não significa que não deva acontecer. É através de conversas difíceis e desafiadoras que crescemos como indivíduos. Isso nos força a ficar vulneráveis, assumir alguns riscos e sentar com desconforto, o que o ajudará a se mostrar como seu eu mais autêntico no trabalho.

FONTE: https://forbes.com.br/carreira/2022/07/vai-ter-a-primeira-conversa-dificil-com-o-chefe-saiba-como-se-preparar/