Os motivos que levam uma pessoa a querer uma recolocação profissional são variados. Desde o desemprego, insatisfação com o cargo ou ambições pessoais. Se você deseja mudar e se reposicionar no mercado, descubra abaixo por onde começar.

 

O mercado de trabalho está em constante mudança, todos os dias novas tecnologias são aplicadas e a dinâmica nas empresas também muda. Então, por que deveria ser diferente para os profissionais? Hoje, já não é preciso pensar na sua carreira de forma muito regular. Há eventuais altos e baixos, e portanto é cada vez mais comum ver pessoas fazendo uma recolocação profissional. Mudando de ares, de áreas e de estilos de trabalho. Afinal, por que não?

Para alguns profissionais a posição atual não atende às expectativas. Há outras áreas de interesse, que alguns gostariam de atuar. Mudança no estilo de vida que acaba atrelando-se ao ao trabalho. Outros estão desempregados e vendo suas área de atuação tornando-se obsoletas.

Portanto, ao contrário do que se pensa, não são apenas os profissionais desempregados que estão à procura de um reposicionamento. Ou seja, muitas pessoas insatisfeitas com o cargo atual também estão na busca de uma recolocação profissional. E os motivos são muitos: insatisfações com o salário, benefícios ou carga horária, falta de reconhecimento, tentativa frustrada de conseguir uma colocação em uma área específica, entre outros.

Bem, independente da razão para essa mudança, é importante entender que nunca é tarde para buscar por uma recolocação profissional. Nunca é tarde para buscar satisfação na sua carreira.


Seja qual for o motivo pela busca da recolocação profissional, um ponto faz toda a diferença: o seu preparo.

para estar preparado(a) é preciso conhecer os desafios que são bem característicos da recolocação. Bem como determinar os seus objetivos, elaborar um plano de carreira e ter as ferramentas necessárias para se destacar no mercado.

Quer aprender a como fazer? Veja a seguir!

Recolocação profissional – o que fazer

De fato, a busca por recolocação profissional não é tão simples mas, como já dissemos, não é algo impossível. Sendo assim, é necessário planejamento e preparo nas ações e construções de novas oportunidades. Além disso, e talvez um dos passos mais difíceis, é preciso buscar superar medos e sair da zona de conforto.

Ciente disso e com vontade de enfrentar o desafios, vamos para os próximos tópicos!

Defina metas e objetivos

Você precisa saber onde quer chegar. E para isso ficar mais claro é preciso tirar as ideias da cabeça e passá-las para um papel, arquivo, agenda e até post-it. Lembrar das metas e dos objetivos todos os dias é um reforço que nos ajuda a alcançá-los. Portanto, tenha-os ao alcance da sua visão.

Traçar metas e objetivos é saber o que você vai fazer todos os dias para que algo aconteça. Então, se você pretende recomeçar na carreira ou se recolocar é necessário saber para onde está indo. 

Pesquise oportunidades

Depois de traçar as metas e objetivos, é essencial pesquisar por oportunidades na área que deseja atuar. Além de vagas, estude o mercado e saiba como estão os salários, ofertas e demandas. Entrar em contato com profissionais já atuantes e até visitar empresas do ramo, são formas de pesquisa que irão te ajudar a encontrar o melhor caminho.

Não desanime

Muitas pessoas acabam desistindo nas primeiras tentativas. No entanto, a capacidade de persistir no caminho, mesmo com tropeços, reveses e eventos inesperados é importante. Ter resiliência é essencial. Afinal, para conquistar algo é preciso mais do que paciência.

Por isso, para alcançar uma recolocação profissional você precisa ser persistente. Nunca limite o seu sucesso. Ter objetivos grandiosos e atacá-los com garra é bom, mas saiba que com calma, persistência e resiliência você também poderá conquistar objetivos mais sólidos. 

Amplie relacionamentos

Isso mesmo! Quer conseguir uma nova oportunidade de emprego? Então, amplie sua rede de relacionamento, isto é, trabalhe o seu network. Ter uma rede de contatos e se comunicar com as pessoas pode te ajudar a conquistar uma vaga. Ah! Vale lembrar que esses relacionamentos não devem ser utilizados somente quando você precisa. Eles precisam ser cultivados. 

Cuide da imagem pessoal

Tão importante quanto qualquer outro tópico, cuidar da imagem pessoal demonstra autoestima e amor próprio, porque, primeiro é preciso gostar de nós mesmos para depois gostar do que fazemos. Ou seja, isso reflete diretamente na busca por novas oportunidades e quão disposto a empresa estará para te receber.

Atualize-se

Entender o que está acontecendo no mundo e na área de atuação pretendida, faz com que o indivíduo transmita uma imagem séria e compromissada. Portanto, busque sempre novas informações e atualize seus conhecimentos em áreas correlatas para que você esteja por dentro de todas as novidades do mercado.

Os cursos de pós-graduação são uma ótima oportunidade para também atualizar os seus conhecimentos e aumentar a chance de conseguir uma recolocação profissional.

Seja transparente

Se você está buscando se recolocar no mercado, seja qual for o motivo, o empregador precisa saber com franqueza o porque você está tomando essa decisão. Então, tenha transparência e autenticidade. Ou seja, não queira construir um personagem, seja você mesmo, demonstre o quanto tem valor nas competências técnicas e também nas comportamentais.

Até a próxima!

FONTE: https://www.unasp.br/blog/recolocacao-profissional-aprenda-como-fazer/