O home office é uma nova realidade no mercado de trabalho, e possui um grande impacto na maneira como o trabalho é realizado. Além disso, também afeta diretamente na nossa saúde, tanto para o bem quanto para o mal. Aprenda maneiras de controlar e aliviar o estresse no trabalho remoto.

 

Muitos profissionais preferem trabalhar em casa, especialmente quando o foco é estabelecer um equilíbrio entre o trabalho e vida pessoal. Afinal de contas, não há dúvidas que existe uma flexibilidade maior quando o home office é o formato exercido. Ou seja, é possível poupar tempo com o deslocamento, ter mais privacidade e, claro, poder ficar com a família. Entretanto, é preciso saber equilibrar tudo da maneira correta para evitar o aumento dos níveis de estresse, tão comum nesse cenário. 

O home office, tem se tornando uma opção para muitos profissionais. Em um mercado cada vez mais dinâmico é possível perceber que esse formato tem ganhado força em muitas empresas. Porém, com essa transformação as pessoas estão passando mais tempo com elas mesmas, ou seja, sem ver os colegas do trabalho, sem confraternizações recorrentes e conversas diárias – o que pode contribuir com o estresse.

Além disso, você já deve ter percebido que com a correria dos dias atuais, o excesso de informações e a cobrança por melhores resultados, é fundamental que cada um de nós aprenda medidas para gerenciar e reduzir o estresse. E se esse gerenciamento não for realizado com qualidade isso pode se tornar um problema, até mesmo no home office. Onde o trabalho pode extrapolar horários, dias da semana e acabar desorganizando a vida do profissional.  

O estresse pode gerar graves transtornos à saúde, não só no desempenho profissional mas também na vida social e pessoal. Por isso, é importante compreender que com algumas mudanças de hábitos é possível equilibrar o trabalho com resultados e qualidade de vida! Veja a seguir, maneiras de controlar o estresse trabalhando de casa.

5 maneiras de controlar o estresse trabalhando em casa

1 – Durma bem

O estresse pode estar atrelado à falta de sono. Por isso, é importante tentar dormir bem. Claro que a insônia nos impede de dormir porque faz com que os pensamentos continuem girando em nossas cabeças, ficando cada vez mais difícil relaxar o suficiente para adormecer.

Portanto, durante o dia é necessário alinhar algumas novas rotinas para que elas tenham efeito na qualidade do sono, como: evitar cafeína, consumo de álcool e açúcar em excesso. Além disso, antes de dormir, tente parar de fazer qualquer trabalho mentalmente exigente. Dê tempo ao seu cérebro para acalmar-se. Portanto, tente tomar um banho relaxante, ler um livro, ouvir músicas relaxantes ou assistir programas que não estimulem a ansiedade. 

Com isso, vai ser possível, aos poucos, fazer uma higiene do sono, e assim, relaxar um pouco. Criar uma rotina de horários para o jantar, banho e hora de dormir também pode ajudar a fazer com que a sua mente e corpo se acostumem a uma rotina de dormir bem.

2 – Estresse? Mexa-se

Exercício físico é um ótimo antídoto para o estresse, seja um alongamento, esporte ou musculação. Movimentar-se faz toda a diferença em seu dia de trabalho. Além disso, apenas cinco minutos de exercício podem ser suficientes para reduzir sentimentos de estresse e a frustração. 

Dessa forma, tente estabelecer uma rotina de exercícios preparados por um profissional da área para que você construa esse hábito saudável porque a movimentação pode evitar o estresse. Então, a chave é apenas se mover. O movimento ajuda a reduzir o estresse, mas também ajuda a evitar rigidez, dores de cabeça e fadiga ocular. Faça pausas durante o trabalho para realizar alongamentos ou andar um pouco.

3 – Conforto e organização

Você já deve ter percebido que o local influencia diretamente na produtividade. Porém, muitos profissionais quando fazem home office não tiram um tempo para preparar um espaço, dentro de casa, adequado para trabalhar. No entanto, nunca é tarde para lembrar que o ambiente deve:

– ter boa iluminação;

– ser bem arejado;

– ambiente confortável e espaçoso;

– de fácil acesso ;

– ter boas ferramentas disponíveis.

Ninguém gosta de estar em um lugar bagunçado, não é mesmo? A desordem nos faz sentir mais tensos e requer mais atenção mental. Então, prepare o seu espaço de trabalho de forma organizada e confortável. Vai ajudar a aliviar o estresse.

4 – Energia no que importa

O que você fica fazendo em paralelo na hora do trabalho home office? Essa não é hora de se preocupar com assuntos que podem ser resolvidos depois. Outro ponto importante é que muitos profissionais querem mostrar que estão dando duro no trabalho, e isso faz com que eles se preocupem com tarefas que demandam muito, mas podem importar pouco.

Portanto, foque no que importa. Reveja o que é urgente, prioridade e o que pode resolver depois. O tempo do expediente nunca esteve tão fragmentado, portanto, focar em tarefas mais importantes podem te ajudar a levar com mais tranquilidade o trabalho em casa. Não deixando que o seu emprego afete também a sua vida pessoal.

5 – Converse com um amigo

Já que no home office o contato com colegas de trabalho é quase zero, uma atitude que pode ajudar contra o estresse, é entrar em contato com um amigo ou colega de trabalho e conversar sobre o dia. Falar pode funcionar, seja distraindo você de seus pensamentos estressantes ou liberando parte da tensão acumulada, discutindo-a.

Expressar-se é uma das maneiras que podem aliviar e tensão e te ajudar a relaxar. Ou seja, uma simples ação pode pode ser o melhor antídoto para o estresse. Além disso, não deixe de, mesmo que distante, se conectar com as pessoas. Pratique o home office e não o  auto-isolamento. Faça uma ligação, chamada de vídeo e até conferência entre amigos e equipe de trabalho. 

Se você não conseguir diminuir o estresse do dia a dia, pensar no que pode estar causando isso é muito importante, para que assim, você possa evitar certas atitudes. No entanto, se o estresse atingir um nível mal intolerável e você, sozinho, não conseguir operar mudanças em seu estilo de vida, um profissional especializado precisa ser acionado.

Ou seja, se mesmo após essas dicas, você ainda se sentir estressado, é melhor parar e buscar ajuda profissional. Tratamentos, seja terapia ou medicação, devem ser feitos apenas sob indicação e supervisão de psiquiatras e psicólogos. Cuide da sua saúde, cuide de você!

Até a próxima!

FONTE: https://www.unasp.br/blog/controlar-o-estresse-trabalhando-em-casa/